CiênciaInformaçãoInformações avançadasNotícias

Um consenso em saúde pública

Um consenso em saúde pública em desenvolvimento [em países desenvolvidos]

Declaração conjunta sobre os cigarros eletrônicos pela Public Health England e diversas organizações de saúde pública do Reino Unido.

“Desde o ano 2000 o tabagismo na Inglaterra diminuiu um terço entre adultos e dois terços entre adolescentes. No entanto, aproximadamente um em cada cinco adultos continua fumando, com taxas mais elevadas nas comunidades mais carentes, o que significa que essas comunidades são também mais vulneráveis ao danos causados pelo tabagismo.

Existe um forte consenso no âmbito da saúde pública sobre o controle do tabaco, incorporado no relatório Smoking Still Kills (Fumar Ainda Mata). Todos concordamos que o uso dos cigarros eletrônicos é significativamente menos prejudicial do que o hábito de fumar. A cada dois fumantes, um morre desse vício. Todas as evidências científicas sugerem que os riscos à saúde dos e-cigarros são relativamente pequenos em comparação ao fumo tradicional, ainda que seja necessário aguardar mais estudos dos efeitos em longo prazo.

No entanto, milhões de fumantes ainda têm ainda a impressão de que os cigarros eletrônicos são pelo menos tão prejudiciais quanto o tabaco. Nos últimos anos, mais de 1,3 milhões de usuários de cigarros eletrônicos no Reino Unido pararam completamente de fumar e outros 1,4 milhões de usuários continuam a fumar eventualmente. Nesse sentido, temos a responsabilidade de fornecer informações claras sobre as evidências que temos, incentivar a cessação completa do tabagismo e ajudar a prevenir a recaída.

A oportunidade histórica dos órgãos de saúde pública é ajudar os fumantes a parar completamente com o uso do tabaco; então podemos encorajar os fumantes a tentar o vaping ao tempo em que certamente devemos incentivar os vapers a parar de fumar tabaco completamente.

Sabemos que o cigarro eletrônico (e seus derivados tecnológicos) é a ferramenta de cessação de fumar mais popular do país, com mais de 10 vezes mais pessoas usando os serviços públicos locais de cessação do tabagismo. No entanto, também sabemos que o uso de serviços locais para parar de fumar é de longe a maneira mais eficaz de se atingir o abandono ao tabagismo.

Atualmente, a evidência nacional é que o usuário regular do e-cigarro no Reino Unido é quase exclusivamente confinado àqueles jovens que foram fumantes, e as pesquisas indicam que a prevalência do tabagismo entre os jovens continua a cair. Essa é uma área que continuaremos a pesquisar e manter sob vigilância. Desde outubro de 2015, os regulamentos nacionais protegem adolescentes e menores do comércio e da publicidade como parte de uma extensa gama de regulamentações.

Mas não devemos esquecer o que é importante aqui. Sabemos que fumar é o assassino número um na Inglaterra e temos a responsabilidade como profissionais de saúde pública em fornecer informações e ferramentas aos fumantes para ajudá-los a parar de fumar completamente e para sempre. Compartilhamos o compromisso de fornecer informações atualizadas sobre as evidências emergentes sobre os e-cigarros, como mostrado na revisão da PHE, que já é o terceiro nesta área. Esse compromisso levou a PHE e o Cancer Research UK a configurar o UK E-cigarette Research Forum e o Royal College of Physicians em publicar Nicotine without smoke, honrando a nossa promessa de longa data em monitorar e compartilhar as evidências científicas, fornecendo mensagens claras e diretas ao público.

Não há nenhuma circunstância em que é melhor para um tabagista continuar fumando – um hábito que mata um em cada dois usuários -e muitos outros-, custando bilhões de libras ao NHS e à sociedade. Continuaremos a compartilhar o que sabemos e abordar o que ainda não pudemos saber, para garantir mensagens claras e consistentes ao público e aos profissionais de saúde.

firmam o documento as seguintes instituições:

Public Health England
Action on Smoking and Health
Association of Directors of Public Health
British Lung Foundation
Cancer Research UK
Faculty of Public Health
Fresh North East
Healthier Futures
Public Health Action
Royal College of Physicians
Royal Society for Public Health
UK Centre for Tobacco and Alcohol Studies
UK Health Forum

 

Documento disponível em PDF aqui.

Para saber mais: